Vereador suspeito de vender munição em mercadinho é considerado foragido

Ele é alvo de um mandado de prisão preventiva desde o dia (6), quando produtos irregulares foram apreendidos em seu minimercado – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Ele é alvo de um mandado de prisão preventiva desde o dia (6), quando produtos irregulares foram apreendidos em seu minimercado – Foto: Polícia Civil/Divulgação

O vereador Almir Beraldo Menon (PSDB) de Imbituva, na região central do Paraná, é considerado foragido da Justiça, segundo informações da Polícia Civil. O parlamentar é suspeito de vender munições em um minimercado da cidade.

Desde a última quarta-feira (6), Menon é alvo de um mandado de prisão preventiva, quando foram apreendidas munições no minimercado do vereador, que fica na área rural da cidade, na região de Faxinal dos Galvão. Contra o estabelecimento, existiam denúncias de irregularidades, como por exemplo a venda de combustível, gás de cozinha, munição e medicamentos.

Com o mandado de apreensão foram constatadas todas as situações de vendas irregulares. No local foi encontrado:

1,6 mil cápsulas de munição calibre 22
1,9 mil cápsulas de munição de outros calibres
34 botijões de gás
Cinco caixas de foguetes
Espoleta
Pólvora
Cinco caixas de foguetes
10 caixas de bomba
220 pacotes de cigarro
2 galões de 500 litros de diesel
A esposa do parlamentar, que estava no local no momento da apreensão, foi ouvida e liberada em seguida. Segundo a polícia, Menon pode responder por comércio irregular de produtos vencidos, venda de gás e derivados de petróleo sem autorização, deter artefatos incendiários sem autorização e venda de munição.

Defesa

Na última quinta-feira (7), o advogado de defesa do parlamentar, Fausto Penteado, afirmou que irá se pronunciar quando o inquérito policial for concluído. No mesmo dia Penteado declarou que o vereador irá se apresentar à polícia para pretar esclarecimentos.

Let’s block ads! (Why?)

Source: Correio Notícia


No Banner to display