Programa Mais Alfabetização vai beneficiar mais de 12 mil estudantes em Alagoas cor - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Programa Mais Alfabetização vai beneficiar mais de 12 mil estudantes em Alagoas

728x90

728x90

Com o intuito de fortalecer o processo de alfabetização de estudantes do 1º e 2º anos do ensino fundamental, 123 escolas vão executar o Programa Mais Alfabetização em Alagoas, beneficiando 12.195 estudantes. O Ministério da Educação (MEC) estipulou que os estados, municípios e unidades de ensino interessadas em executar o programa devem confirmar adesão e enviar o plano de atendimento ao ministério por meio do PDDE Interativo (http://pddeinterativo.mec.gov.br). O prazo de adesão é até o dia 05 para governos estaduais e prefeituras e até o dia 06 para as unidades escolares.

 

O programa será implementado para garantir apoio adicional, prioritariamente no turno regular, do assistente de alfabetização ao professor alfabetizador, por um período de cinco horas semanais para unidades escolares não vulneráveis, ou de dez horas semanais para as unidades escolares vulneráveis. São consideradas unidades vulneráveis aquelas em que mais de 50% dos estudantes tenham apresentado rendimento insuficiente em leitura, escrita e matemática nas avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)e cujos níveis socioeconômicos sejam muito baixos, baixos, baixo médio e médio, conforme a classificação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

 

De acordo com a supervisora de Educação Infantil da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Andréa Ferreira Maciel, todas as escolas da rede estadual fizeram adesão ao programa. “O Mais Alfabetização vem como um reforço e complemento auxiliar do Programa Mais Educação para os professores de alfabetização da rede pública, atendendo especificamente aos alunos do 1º e 2º ano do ensino fundamental”,explica.

 

Segundo o MEC, serão investidos R$ 200 milhões no pagamento de assistentes pedagógicos para auxiliar os professores em sala de aula. A expectativa é atender a 4,2 milhões de alunos em aproximadamente 200 mil turmas em todo país.

AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display