Prefeitura suspende passeios turísticos em veículos e embarcações 03 - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Prefeitura suspende passeios turísticos em veículos e embarcações

Decreto que será publicado na segunda-feira, 23, também recomenda interrupção de check-in em hotéis

Para reforçar a paralisação dos serviços de receptivos, decretada pelo governo estadual, a Prefeitura de Maceió determinará, na próxima segunda-feira (23), também por decreto, a suspensão de passeios turísticos na capital alagoana, sejam eles em veículos ou embarcações. Além disso, o governo municipal também recomenda a interrupção da entrada de novos hóspedes nos meios de hospedagem e o fechamento de estabelecimentos na capital.

Em entrevista coletiva nessa sexta-feira (20), o prefeito Rui Palmeira fez o anúncio ao lado do governador Renan Filho em detrimento da pandemia mundial do coronavírus (COVID-19).

Passeios turísticos como a visita às piscinas naturais estão suspensos. Foto: Arquivo/Secom Maceió

O decreto atinge os acessos às praias, bares e restaurantes de Maceió, que estarão fechados a partir deste sábado. A decisão estabelece, também, a suspensão da frequência a barracas de praia, lagoa, rio e piscinas públicas ou outros locais de uso coletivo com a aglomeração de pessoas.

Além destes pontos, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares segue funcionando, mas de maneira emergencial, com todos os cuidados de triagem reforçados no desembarque para o controle do estado de saúde dos passageiros que chegam à cidade. Fica interditada, porém, a operação do serviço de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, regular e complementar, assim como o serviço de trens urbanos.

Aeroporto Zumbi dos Palmares segue em funcionamento, mas em sistema emergencial. Foto: Ascom Semtel

O Porto de Maceió, mesmo com a suspensão da chegada dos cruzeiros no município, segue a mesma linha de cuidados à saúde dos agentes que trabalham na carga e descarga de produtos essenciais para a população. A medida conjunta entre Prefeitura de Maceió e Governo de Alagoas é preventiva e visa proteger os nativos do avanço do Covid-19 em território alagoano.

Restrição nos meios de hospedagem

A Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) reforçou a recomendação da suspensão de novos recebimentos de hóspedes em hotéis de Maceió. Segundo o gestor Jair Galvão, a medida é vista como necessária para o isolamento da população maceioense em meio ao surto do novo coronavírus no Brasil.

A rede de hotéis Ponta Verde aderiu ao pedido e comunicou a suspensão de atendimento e instalação de turistas recém-chegados à capital. A expectativa, segundo o proprietário dos empreendimentos, Maurinho Vasconcelos, é que até o próximo dia 30 de março todos os hóspedes já tenham realizado check-out e retornado aos seus locais de origem.

“Já tínhamos tomado esta decisão porque vemos que estamos seguindo os valores de compromisso social já estabelecidos e esta é a melhor solução para dar segurança aos hóspedes e funcionários. Enquanto não tivermos um ambiente seguro para receber e proporcionar um momento ideal de lazer, devemos fechar”, destacou Maurinho Vasconcelos, proprietário do Hotel Ponta Verde.

“Embora seja uma decisão que tenha um forte impacto econômico, quanto mais demorássemos, maior seria a recessão e maior seria a crise. Desta forma, demoraria mais ainda para voltarmos à normalidade quando o vírus for dominado. Parabenizo e agradeço a Prefeitura de Maceió por nos apoiar e estar conosco nesta medida”, concluiu.

Fonte: SECOM/MACEIÓ


No Banner to display


No Banner to display