Prazo para fim da investigação sobre morte de vereador de Batalha termina nesta quarta

Vereador Tony Pretinho, de Batalha, foi assassinado no dia 15 de dezembro – Foto: Reprodução/Internet

Vereador Tony Pretinho, de Batalha, foi assassinado no dia 15 de dezembro – Foto: Reprodução/Internet

A prorrogação do prazo para concluir a investigação da morte do vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, conhecido como “Tony Pretinho” (PR), 34, de Batalha, termina nesta quarta-feira (14). A ampliação do prazo em mais 30 dias foi solicitada pela Polícia Civil no dia 15 de janeiro, quando o crime completou um mês.

Na ocasião, a PC informou que já sabia quem são os suspeitos pelo assassinato do vereador. A afirmação havia sido feita pelo delegado João Marcello de Almeida, um dos responsáveis pela investigação desse caso.

O delegado não adiantou quantas pessoas estavam sendo monitoradas – por serem consideradas suspeitas – para não atrapalhar as investigações. Além dele, também fazem parte da comissão que investiga o crime os delegados Fábio Costa, coordenador da Delegacia de Homicídios da Capital, e Eduardo Mero.

Relembre o caso

O vereador por Batalha, Tony Carlos Silva de Medeiros, conhecido como “Tony Pretinho”, foi assassinado com vários tiros, na noite de sexta-feira, dia 15 de dezembro de 2017, por volta das 20h50.

Ele estava em frente de uma residência, no centro da cidade, no momento em que foi alvejado com vários disparos de arma de fogo. Grande parte dos disparos atingiram a cabeça do vereador. O crime ocorreu pouco mais de 30 dias após o assassinato do também vereador por Batalha “Neguinho Boiadeiro”, morto a tiros quando deixava a Câmara Municipal da cidade.

LEIA MAIS:

Polícia Civil identifica suspeitos da morte de vereador Tony Pretinho, de Batalha

Vereador por Batalha, Tony Pretinho é assassinado com vários disparos de arma de fogo

Let’s block ads! (Why?)

Source: Correio Notícia


No Banner to display


No Banner to display