Posto aumenta preço e litro de gasolina chega perto de R$ 5 em São José da Tapera

728x90

Placa mostra novos preços de combustíveis em posto de São José da Tapera – Foto: Leitor do Correio Notícia

Placa mostra novos preços de combustíveis em posto de São José da Tapera – Foto: Leitor do Correio Notícia

Um litro de gasolina aditivada custa R$ 4,749 num dos postos de combustíveis de São José da Tapera, situado à margem da rodovia AL-220. Uma foto da placa onde estão os preços foi enviada ao Correio Notícia por um morador da cidade, que preferiu não ser identificado.

Outros moradores informaram à reportagem que o aumento ocorreu na última segunda-feira (14). Até domingo (13), conforme constatado pela reportagem, o litro do combustível aditivado custava nesse posto R$ 4,649.

Já a gasolina comum, segundo a placa, custava até domingo R$ 4,599. Na segunda-feira, passou para R$ 4,649. Porém, conforme relato de moradores, não é fácil achar gasolina comum no local. Quando vão abastecer seus veículos, eles costumam ouvir dos funcionários que “a gasolina comum está em falta e só tem a aditivada”.

Com esse aumento, os valores aproximam-se dos que são cobrados pelo único posto que existe em Senador Rui Palmeira – cidade vizinha a Tapera – onde o litro da gasolina aditivada custa R$ 4,799 e o da comum chega a R$ 4,699.

Nas duas cidades sertanejas, os valores estão bem acima dos que são cobrados em outros locais, como Arapiraca, Santana do Ipanema, Delmiro Gouveia e Maceió. Na capital, por exemplo, o litro da gasolina aditivada está sendo vendido, esta semana, por R$ 4,07 em alguns postos. Já a gasolina comum pode ser encontrada por R$ 3,99.

Em Delmiro Gouveia, o litro da gasolina comum, no posto que tem o preço mais caro, chega a R$ 4,49. Em todas essas cidades, os consumidores têm a opção de escolher entre a gasolina comum e a aditivada, que em geral custa mais caro, mas cujo preço não chega nem perto dos R$ 4,749 cobrados em São José da Tapera ou dos R$ 4,799 cobrados em Senador Rui Palmeira.

Procurado pela reportagem do Correio Notícia, o Procon Alagoas informou que pode realizar fiscalizações nesses locais, mas, para isso, é preciso que os consumidores registrem as denúncias no site do órgão ou pelo WhatsApp, preferencialmente enviando fotos para comprovar a situação. Segue abaixo a nota do Procon:

“O consumidor que se sentir lesado pode fazer sua denúncia ligando gratuitamente para o número 151 ou enviando mensagem pelo nosso site (www.procon.al.gov.br) e pelas redes sociais – Instagram, Facebook e WhatsApp – relatando o ocorrido e enviando seus documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de residência) e algum documento que comprove a denúncia (foto, nota fiscal ou cupons). Nosso número do WhatsApp é o (82) 98889-6619. Se preferir, o consumidor também pode se dirigir a um dos nossos pontos de atendimento, levando seus documentos de identificação e a documentação referente à reclamação. É importante ressaltar que os consumidores devem fazer essas denúncias para que o Procon possa fiscalizar e punir nos casos de irregularidade. O Procon Alagoas está a disposição do consumidor e reforça esse atendimento pelas redes sociais e pelo número 151.”

Veja abaixo fotos da placa de preços do posto de São José da Tapera registradas na tarde de domingo (13) e na tarde de terça-feira (15), respectivamente:

LEIA MAIS:

Litro da gasolina custa quase R$ 5 em Senador Rui Palmeira e moradores ficam sem opção

Procon tem número 151 e WhatsApp para denúncias sobre preço da gasolina em Tapera

Consumidor paga R$ 4,65 pelo litro da gasolina em Tapera e Procon orienta como denunciar

Let’s block ads! (Why?)

Source: Correio Notícia


No Banner to display