banner ads
Policiais Civis são ouvidos por secretário e Estado busca solução BOA - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Policiais Civis são ouvidos por secretário e Estado busca solução




As recentes reuniões que têm feito parte da Mesa de Negociação Permanente do Governo deixam claro que a gestão de Renan Filho tem adotado a política do diálogo com seus servidores. Nesta sexta-feira (5), a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) recebeu representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) e ouviu as demandas dos trabalhadores.

 

O Sindpol apresentou as pautas. Entre elas, o enquadramento dos policiais civis aposentados, o pagamento retroativo do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), além do pagamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e a continuação das negociações da pauta geral dos policiais civis, que trata do fim da cota mensal de 40 progressões do PCCS e do piso salarial de 60% da remuneração dos delegados.

 

Ao ouvir o pleito dos servidores da segurança de Alagoas, o secretário Christian Teixeira, do Planejamento e Gestão, declarou que o governo tem buscado alternativas para realizar o pagamento do IPCA.

 

“Temos mantido o foco nesse resultado, que beneficia não só o Sindicato dos Policiais Civis, mas a todas as outras categorias do Estado”, falou Teixeira.

 

“Até o dia 10 de junho, o governo dará uma sinalização a respeito do assunto. Vamos torcer para que consigamos avançar”, salientou, ao pedir que os avanços sejam realizados gradativamente e com planejamento.

 

A respeito das demais demandas do Sindicato, o titular da pasta definiu que a solução será buscada administrativamente, de início. Após o pedido de reconsideração do Sindpol à Procuradoria Geral do Estado (PGE), a respeito do impasse sobre a integralidade nas progressões dos policiais civis aposentados, o secretário se comprometeu a reunir-se com a PGE para conversar sobre o pleito dos trabalhadores.

 

 

“Irei intervir junto ao Procurador Geral do Estado para que a PGE analise melhor a questão e dê celeridade a estes processos”, finalizou Christian Teixeira.

 

A seriedade com a qual o diálogo tem sido encarado pelo governo estadual foi citada por um dos membros do Sindpol. “Ficamos satisfeitos ao ver que temos um secretário que trata de negociações com nossa classe olhando nos olhos”, disse o sindicalista.

 

Christian Teixeira reforçou com os policiais civis que a greve não é o melhor caminho e que com o trabalho a classe demonstra seu compromisso com a sociedade, incentivando o Estado a buscar melhorias continuamente.

 

“Com a greve, a categoria perde, perde o governo e principalmente a sociedade”, afirmou o secretário de Planejamento e Gestão.

AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display