Nove escolas estaduais ofertam 1.720 vagas para o ensino médio integrado ao profissionalizante SIM - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Nove escolas estaduais ofertam 1.720 vagas para o ensino médio integrado ao profissionalizante

Para os estudantes que desejam cursar o ensino médio integrado a um curso profissionalizante, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) oferta 1.720 novas vagas em nove escolas da rede pública estadual em todas as regiões. A pré-matrícula já está aberta até domingo (10) pelo site www.matriculaonline.al.gov.br.

 

Dois cursos serão ofertados: ludoteca, profissional que visa o desenvolvimento infantil em diversas fases e as interações sociais, e secretário escolar, profissional que atua no atendimento ao público e com um importante papel na gestão administrativa da unidade de ensino.

 

José Demétrio

 

Os cursos têm carga horária de 1.100 horas/aula cada, em três anos. No ensino médio integrado, o aluno tem a oportunidade de cursar o ensino médio agregado a um curso profissionalizante, mas sem jornada ampliada.

 

As vagas por escola e município são Graciliano Ramos, de Palmeira dos Índios, com 120 vagas; Monsenhor Machado, de Viçosa, com 280 vagas; Aloísio Ernande, de Santana do Ipanema, com 200 vagas; Guedes Miranda, de Porto Calvo, com 120 vagas; Francisca Rosa, de Delmiro Gouveia, com 40 vagas; Pedro França Reis, de Arapiraca, com 80 vagas; Rocha Cavalcanti, de União dos Palmares, com 200 vagas, e Rosália Sampaio, de Pão Açúcar, com 80 vagas.

 

Na capital, a única instituição a oferecer esses cursos é a Escola Estadual Professor José Correia da Silva Titara, no Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas (Cepa), que disponibilizará 600 novas vagas, sendo 400 para secretário escolar e 200 de ludoteca, distribuídas nos turnos matutino e vespertino.

 

“A oferta destes cursos trouxe outro ânimo e muitos estudantes a nossa escola. Somados aos que renovarão suas matrículas, estamos contabilizando mais de 900 alunos em 2018”, comemora o diretor do Titara, Ernesto Simões.

 

 

José Demétrio

 

Estudantes aprovam e pontuam as vantagens dos cursos associados ao ensino médio. “É uma ótima iniciativa e o curso é muito interessante”, declara Mayara Vitória, do curso de secretário escolar. “O colégio é bom, os professores incentivam o aluno a buscar o crescimento, orientam sobre como se desenvolver para o mercado de trabalho”, complementa seu colega Pedro Júnior.

AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display