No sufoco! Mota pega pênalti, CSA empata com o Manaus e passa de fase csm_WhatsApp_Image_2018-02-07_at_23.11.14_71615bc367 - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

No sufoco! Mota pega pênalti, CSA empata com o Manaus e passa de fase

O Centro Sportivo Alagoano passou um sufoco danado para passar de fase na Copa do Brasil nesta quarta-feira (7). Teve de tudo na Arena da Amazônia. De jogo paralisado, adversário na frente por duas vezes e até pênalti defendido no último lance do jogo. Brilhou a estrela do goleiro Mota, que defendeu a penalidade de Nena aos 76′ do segundo tempo e ajudou o Azulão a empatar em 2 a 2 com o Manaus. O Portal TNH1 e a Rádio Pajuçara FM Maceió acompanharam a partida.

Deurick e Hamilton marcaram para o time do Amazonas, enquanto Giva e Leandro Souza anotaram os gols do time marujo. Com melhor posicionamento no ranking da CBF, o Azulão tinha a vantagem do empate para passar de fase. O CSA agora pega o São Paulo na próxima quarta-feira (14), às 21h45, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. De quebra, o CSA embolsou R$ 600 mil pela classificação.


(Foto: Emanuel Mendes / Ascom Manaus)

Tudo igual

O Manaus iniciou atacando. Aos 6′, Rossini arriscou de fora e assustou Mota. Aos 16′, Panda pegou sobra na área, bateu rasteiro e Mota segurou. O Azulão respondeu aos 24′. Daniel Costa deixou Dawhan na cara do gol. O volante preferiu o toque de lado, errou o passe e a bola ficou na boa com Giva. O atacante encheu o pé e acertou o travessão.


(Foto: Emanuel Mendes / Ascom Manaus)

Aos 35′, o Manaus abriu o placar. Zada cobrou escanteio, Hamilton escorou e Deurick finalizou para o gol. Em desvantagem, o CSA pressionou em busca do empate e igualou a situação aos 44′. Didira costurou pela direita, acionou Giva na grande área, o atacante teve calma e, desta vez, não desperdiçou, marcando o gol de empate.

Mota brilha no final

Sobrou emoção na segunda etapa na Arena Amazônia. Hamilton começou recebendo cartão amarelo aos 3′. Aos 4′, Rafinha cruzou com veneno. O goleiro Jonathan saiu mal e Giva, livre, cabeceou sem direção, perdendo uma chance incrível. Aos 6′, Daniel Costa arriscou de fora e Jonathan pegou. No lance seguinte, o goleiro se chocou com o zagueiro Deurick e desmaiou. A ambulância do estádio levou o jogador para o hospital e o árbitro paralisou a partida.


(Foto: Emanuel Mendes / Ascom Manaus)

Depois de aproximadamente 25 minutos, a bola rolou. E quem marcou foi o Manaus. Aos 45′, Hamiltou acertou um belo chute da intermediária, encobriu Mota e anotou um golaço. Na comemoração, o atacante levantou a camisa, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

O CSA partiu para o tudo ou nada. Flávio Araújo abriu mão da organização, tirou o camisa 10 Daniel Costa e colocou Bruno Veiga em campo. O Azulão passou a jogar bola na área do adversário. Aos 57′, Talisson cruzou, Bruno cabeceou e acertou o poste. Aos 63′, Rafinha bateu falta com violência e o goleiro Milton espalmou. Na cobrança de escanteio, Leandro Souza subiu mais alto, testou com firmeza e empatou.


(Foto: Emanuel Mendes / Ascom Manaus)

Com a vantagem do empate e um jogador a mais, o time alagoano pisou no freio. Só que aos 73′, em bola alçada na área azulina, Leandro Souza dividiu com Nena e o árbitro marcou o pênalti para o desespero dos jogadores do CSA. Depois de muita reclamação, Nena foi para a cobrança. No último lance da decisão, o atacante bateu no canto, Mota voou na bola, defendeu com as mãos, depois chutou a bola para longe com o pé e garantiu a classificação dramática do Azulão para a próxima fase da Copa do Brasil.

Ficha técnica

Manaus

1- Jonathan (12- Milton, aos 15′ do 2º tempo)
31- Thiago Granja
3- Paulão
4- Deurick (88- Cleyton He Man, aos 15′ do 2º tempo)
23- Zadda
20- Juninho
15- Panda
7- Cleitinho (11- Romarinho, aos 39′ do 2º tempo)
25- Hamilton
10- Rossini
9- Nena

Técnico: Wladimir Araújo

Banco: 2- Atila, 5- Amaralzinho, 6- Negueba, 11- Romarinho, 12- Milton, 30- Wander, 33- Willian Thuran, 77- Thiaguinho, 88- Cleyton He Man, 95- Marcus Vinícius e 96- Wesley Napão.

CSA

31- Mota
2- Talisson (14- Celsinho, aos 68′ do 2º tempo)
3- Leandro Souza
4- Xandão
6- Rafinha
5- Dawhan
11- Marcos Antônio
7- Giva
10- Daniel Costa (30- Bruno Veiga, aos 52′ do 2º tempo)
19- Didira
29- Leandro Kível (9- Michel, aos 40′ do 2º tempo)

Técnico: Flávio Araújo

Banco: 12- Dalton, 13- Roger, 14- Celsinho, 15- Paulinho, 8- Boquita, 9- Michel, 17- Echeverría e 30- Bruno Veiga.

Gols

Manaus: Deurick (36′ do 1º tempo) e Hamilton (45′ do 2º tempo).

CSA: Giva (44′ do 1º tempo) e Leandro Souza (64′ do 2º tempo).

Cartão amarelo

Manaus: Deurick, Rossini, Hamilton (2).

CSA: Talisson, Leandro Souza, Xandão.

Cartão vermelho

Manaus: Hamilton.

Arbitragem

Árbitro: Vanderlei Soares de Macedo (CBF/DF);

Auxiliar 1: Lucas Torquato Guerra (CBF/DF);

Auxiliar 2: Marconi de Souza Gonçalo (CBF/DF);

4º árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior (CBF/AM).

Fonte: TNH1


No Banner to display


No Banner to display