banner ads
Militantes do PT aplaudem Vaccari durante encontro da legenda VACA - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Militantes do PT aplaudem Vaccari durante encontro da legenda




Militantes do PT presentes no 5º Congresso Nacional da legenda em Salvador (BA) aplaudiram de pé nesta quinta-feira (11) o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto, preso pela Polícia Federal sob suspeita de envolvimento com o esquema de corrupção que atuou na Petrobras, descoberto na Operação Lava Jato.

Vaccari está preso desde abril deste ano. Ele é investigado por suspeita de receber propina em esquema de corrupção na Petrobras, o que sua defesa nega.

Os aplausos a Vaccari ocorreram durante a Defesa de Teses – um dos atos do congresso –, enquanto o diretor do PT Markus Sokol discursava. Ao iniciar sua fala, Sokol disse que saudava João Vaccari, preso “injustamente”.

“Na pessoa de um companheiro ausente e injustamente preso, o companheiro Vaccari, eu gostaria de saudar este congresso”, disse Sokol.

Em seguida, a plateia, formada por cerca de 800 delegados do congresso (militantes com direito a voto em resoluções do partido), aplaudiu de pé o ex-tesoureiro e entoou o grito da legenda: “partido, partido, é dos trabalhadores!”.

O 5º Congresso Nacional do PT ocorrerá na capital baiana e vai até o próximo sábado (13). Segundo a legenda, o objetivo central do encontro é “trabalhar uma resolução política que represente o diálogo intenso com a militância e a sociedade para apontar os caminhos de fortalecimento do PT e manter o crescimento do Brasil.”

Conforme mostrou o G1, após o governo passar por desgaste político em função das medidas de ajuste fiscal propostas para reequilibrar as contas públicas, o PT tentará unir a militância no congresso. Embora setores do próprio PT tenham feito críticas públicas à atual condução da política econômica, dirigentes saíram em defesa do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

A presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do PT, Rui Falcão, são esperados na cerimônia de abertuar do congresso, na noite desta quinta.

No pronunciamento que fará nesta quinta, Rui Falcão defenderá que os militantes do partido desencadeiem “reação vigorosa” contra os que tentam “destruir” a legenda. Em seu pronunciamento, Rui Falcão afirmará também, sem citar nomes, que o PT está “sob forte ataque”. Na avaliação do petista, a “ofensiva” contra a legenda “é uma campanha de cerco e aniquilamento”.

G1


No Banner to display


No Banner to display