Mesma escalação, mesmos problemas: CSA joga mal na estreia de Eduardo Baptista 13-02-2020-csa-x-cse-2-ac-0034 - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Mesma escalação, mesmos problemas: CSA joga mal na estreia de Eduardo Baptista




O CSA manteve a liderança do Campeonato Alagoano, agora com sete pontos, mas foi muito vaiado pela torcida nesta quinta. No Rei Pelé, apenas empatou por 1 a 1 com o CSE e decepcionou em campo. Faltou criatividade, faltou intensidade e faltou a vitória.

A pressão em cima da equipe é grande. Expectativas foram criadas no início do ano, mas os resultados foram tão ruins que derrubaram o técnico Maurício Barbieri com um pouco mais de um mês de trabalho.

Técnico Eduardo Baptista estreia no CSA com empate — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

Técnico Eduardo Baptista estreia no CSA com empate — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

Eduardo Baptista estreou nesta quinta, não mudou a escalação do outro treinador e os problemas foram os mesmos. O CSA criou muito pouco em casa e foi vazado uma vez.

Articuladores do elenco, Renatinho e Nadson estão machucados e não foram para o jogo. Richard Franco foi improvisado no setor, mas não rendeu como no clássico. Tanto que as melhores jogadas surgiram quando Diego Maurício teve que voltar para organizar as jogadas. Foi assim que nasceu o gol de Allano, no primeiro tempo.

Ponto positivo

Diego, inclusive, foi o ponto positivo. Correu, criou, finalizou e fez sua melhor partida pelo CSA. A assistência mostrou que o atacante tem qualidade.

Vazado

Na etapa final, a defesa não suportou um CSE mais ousado e sofreu mais um gol na temporada. Foi o décimo em sete jogos. A única partida do ano em que o time saiu de campo sem ser vazado foi na estreia, contra o CEO.

Fonte: GLOBO ESPORTE


No Banner to display


No Banner to display