Janeiro Roxo: campanha conscientiza sobre prevenção da hanseníase janeiro-roxo - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Janeiro Roxo: campanha conscientiza sobre prevenção da hanseníase

Com o objetivo de conscientizar e informar à população sobre os principais sinais e sintomas da hanseníase, assim como a importância de seu diagnóstico precoce e formas de tratamento e prevenção, o Programa Municipal de Controle da Hanseníase da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove a partir desta sexta-feira (17) diversas ações preventivas junto à população, alusivas a campanha do Janeiro Roxo.

Foto: Internet

Segundo a técnica do Programa Municipal de Hanseníase, Vânia Bernardino, durante esse período as unidades devem realizar atividades como palestras em sala de espera, distribuição de material educativo que possibilitem a divulgação de sinais e sintomas da doença, levando informações à população. “Com informação, é possível reduzir o estigma da doença e melhorar a detecção de novos casos. Este é um importante momento de visibilidade do problema e sensibilização sobre a doença”, explicou.

Além de divulgar os sinais e sintomas da doença, a campanha busca detectar novos casos e resgatar casos em abandono. Para esses pacientes portadores da Hanseníase, o tratamento da doença é gratuito e pode ser realizado nas unidades de saúde de Maceió. Após iniciado o tratamento, a pessoa para de transmitir a doença quase imediatamente. Quanto antes for feito o diagnóstico, mais rápida e fácil também pode ser a cura da doença. O tratamento é feito por via oral, pela poliquimioterapia (PQT), uma associação de medicamentos que evita a resistência do bacilo e deve ser administrada por seis meses ou um ano, a depender do caso.

Confira a programação da campanha

– 17/01 (08h às 16h): Abertura da Campanha com I Seminário de Hanseníase no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes, direcionado a profissionais de saúde com o tema: “Diagnóstico precoce para prevenção de incapacidades em Hanseníase.

– 21, 23 e 30/01 (14h): Divulgação dos sinais e sintomas da Hanseníase e busca de sintomáticos na US Roland Simon, com entrega de folders, ficha de auto imagem e exames dos suspeitos.

– 22 e 29/01 (8h às 10h): Divulgação dos sinais e sintomas da Hanseníase e busca de sintomáticos no 2º Centro de Saúde, Equipe no 1º Núcleo de Vigilância Epidemiológica e profissionais da unidade com palestra em sala de espera e busca de sintomáticos dermatoneurólogicos.

– 23/01 (10h): Divulgação dos sinais e sintomas na e busca sintomáticos dermatoneurólogicos na USF João Sampaio com palestra em sala de espera.

– 27/01 (8h às 12h): divulgação dos sinais de sinais e sintomas de Hanseníase na Estação de Trem com a participação do Instituto MORHAN, Secretaria Estadual de Saúde e Secretaria Municipal de Maceió.

– 27/01: Dia “D” da Hanseníase.

– 27/01 (8h): Divulgação dos sinais e sintomas na e busca sintomáticos na Casa do Pobre com palestra, entrega de folders, ficha de auto imagem e exame dos suspeitos.

– 30/01: Busca ativa de casa em casa na Rua Lafaete Pacheco (Ponta da Terra) com a busca de sintomáticos dermatoneurólogicos.

– 30/01: Divulgação dos sinais e sintomas da hanseníase e busca de sintomáticos no US Pitanguinha com palestra em sala de espera e busca de sintomáticos.

– 30/01: Busca de Sintomáticos na Escola Luiza Suruagy com palestra em sala de aula e entrega da ficha de autoimagem.

– 05/02 (09h): Divulgação dos sinais e sintomas na e busca sintomático dermatoneurólogicos no Lar Santo Antônio de Pádua com palestras, entrega de folders e ficha de auto imagem e exame dos suspeitos.

Fonte: Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS


No Banner to display


No Banner to display