Identificados seis dos onze suspeitos de roubo a banco mortos em confronto com policiais

Homens são naturais de Arapiraca, Água Branca (PI), Santana do Ipanema e Paulo Afonso (BA). Outros ainda estão sendo identificados pelo IML de Arapiraca – Foto: Divulgação/Rede social

Homens são naturais de Arapiraca, Água Branca (PI), Santana do Ipanema e Paulo Afonso (BA). Outros ainda estão sendo identificados pelo IML de Arapiraca – Foto: Divulgação/Rede social

O Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca começou a identificar os 11 suspeitos de envolvimento em assaltos a bancos que morreram em um confronto com policiais, na tarde desta quinta-feira (8), entre as cidades de Santana do Ipanema e Dois Riachos.

Foram identificados Carlos Alberto de Lima, 30, natural de Arapiraca, mas que residia na zona rural de Craíbas; Francisco das Chagas Vieira de Barros, 32, natural e morador de Água Branca (PI); Manoel Bezerra de Almeida, natural e morador de Paulo Afonso (BA) e Adjane da Silva, 30, natural de Santana do Ipanema.

Também tiveram os nomes divulgados pelo IML Evandro de Paula Lima Silva, 34, e José Feitosa Filho, 30. Os outros cinco mortos ainda estão sendo identificados pelo IML.

O santanense Adjane tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Francisco Chagas, morador do bairro Centenário, em Paulo Afonso, já tinha sido preso por tráfico de drogas e roubo a banco. A ficha criminal dos outros ainda está sendo levantada pela reportagem.

A operação

Equipes da Seção de Roubo a Bancos (Serb) e Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), ambas da Polícia Civil, monitoravam os suspeitos, quando chegaram na residência onde eles estavam e, segundo os policiais, foram recebidas com disparos de arma de fogo.

Os policiais civis revidaram a ação, travando um tiroteio que terminou com a maioria dos suspeitos morta. Outros conseguiram escapar do cerco da polícia. Nenhum dos mortos foi identificado naquela ocasião e nenhum policial se feriu.

Na casa onde os suspeitos estavam foram apreendidas quatro espingardas calibre 12, dois fuzis, pistolas, grande quantidade de munições, coletes balísticos e explosivos. Também foi apreendida uma caminhonete Ford Ranger, de cor branca e placa QGL – 7945/Natal – RN.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca. Os mortos seriam provenientes dos estados do Pará, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas.

Segundo nota da Polícia Civil, os homens mortos na troca de tiros e os que fugiram são apontados como autores do roubo à agência do Bradesco, situada em Águas Belas, em Pernambuco. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (8).

Ainda de acordo com a nota, a ação, denominada Cavalo de Troia, "foi coordenada pelos delegados Fábio Costa, Cayo Rodrigues e Thiago Prado, e contou com o apoio do Grupamento Aéreo". Uma coletiva sobre a operação será realizada nesta sexta-feira (9), em hora e local a serem definidos pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/AL).

Colaborador: André Henrique

Let’s block ads! (Why?)

Source: Correio Notícia


No Banner to display


No Banner to display