banner ads
Governo de AL vai investir R$ 200 milhões no Programa Vida Nova nas Grotas em Maceió 2eb2cb1d513ef32e0f136f4c70da9662_XL_300x184 - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Governo de AL vai investir R$ 200 milhões no Programa Vida Nova nas Grotas em Maceió








O Estado de Alagoas deve investir cerca de R$ 200 milhões em recursos próprios no Programa Vida Nova nas Grotas nos próximos anos. O anúncio foi feito pelo governador Renan Filho nesta terça-feira (14), durante a entrega de melhorias habitacionais e de mobilidade urbana na Grota do Poço Azul, Jardim Petrópolis I, em Maceió. O projeto é desenvolvido em parceria com Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) e já leva benfeitorias a 48 comunidades da capital, onde vivem cerca de 300 mil pessoas.

Renan Filho afirmou que o Programa evolui para levar, cada vez mais, benefícios ao cidadão. Segundo ele, a ideia é, até o final do segundo mandato, promover benfeitorias em todas as grotas da capital. “A despeito de serem obras simples, a magnitude é gigantesca. Nós já investimos mais de R$ 100 milhões em escadarias, pontilhões, acessos, drenagem e em melhorias habitacionais. Temos uma estimativa para, ao longo dos próximos anos buscar, com recursos próprios do Governo do Estado de Alagoas, algo em torno de R$ 200 milhões para destinar diretamente a quem mais precisa em Maceió”, disse.

Márcio Ferreira

Das 48 grotas beneficiadas, 23 já tiveram as obras concluídas. Para 2019, o Vida Nova nas Grotas tem previsão de investimento de R$ 30 milhões em obras de mobilidade urbana em outras 25 comunidades. Ainda este ano, serão iniciados os serviços de melhorias habitacionais em 930 casas, além de novas ações em saúde, oficinas culturais, geração de trabalho e renda e em projetos de conscientização ambiental.

A solenidade desta terça-feira reuniu um grande número de moradores, lideranças comunitárias, secretários, diretores de órgãos, deputados estaduais, dentre outras autoridades. O diretor do Escritório Regional do ONU-Habitat para a América Latina e o Caribe, Elkin Velasquez, participou da entrega das benfeitorias na comunidade do Poço Azul, onde também foi realizado o Dia D do Programa Vida Nova nas Grotas.

Ele afirmou que o trabalho desenvolvido em Alagoas é exemplo não só para o Brasil, mas a outros países da América Latina. “Nós temos referências internacionais, entretanto, toda solução para as grotas e as favelas tem que ser local e construída de maneira participativa com as comunidades. A ONU está fazendo isso em Alagoas”, declarou Velasquez.

Márcio Ferreira

Moradora da Grota do Poço Azul, Maria Aparecida da Silva Barbosa, 32 anos, falou das melhorias proporcionadas pelo Programa na comunidade dela. “A mudança foi para melhor, principalmente nessa parte que tinha um buraco enorme”, apontou ela. “Meu marido já caiu aqui de moto. Agora, os meninos podem brincar à vontade, de dominó, de bola; antes ninguém podia nem passar. Meu pai, que é idoso, quando vinha do interior, era um sacrifico para andar. A minha mãe ficava segurando nas paredes das casas para não cair”, relatou.

As obras de mobilidade urbana são executadas pela Secretaria de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), mas o Programa Vida Nova nas Grotas conta com ações de todos os órgãos governamentais e secretarias de Estado.

Fonte: AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display