Futsal apresenta os primeiros campeões dos Jogos Estudantis de Alagoas 2018 5a42da39bd7c9db65ff7ede545608ca5_L - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Futsal apresenta os primeiros campeões dos Jogos Estudantis de Alagoas 2018

Os Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal) 2018 já têm seus primeiros campeões da etapa estadual com o futsal, disputadas nesta quinta-feira (5), em Arapiraca. A competição foi marcada pela disputa acirrada e emoção, tendo três das quatro finais decididas na cobrança de pênaltis e também entra para história ao registrar a primeira escola indígena campeã do Jeal e classificada para os Jogos Escolares da Juventude (JEJ).

 

O feito inédito é das estudantes da Escola Estadual Indígena Cacique Alfredo Celestino, da comunidade Xucuru-Kariri, em Palmeira dos Índios. Elas foram campeãs do futsal infantil feminino enfrentando a equipe da Escola Nossa Senhora de Fátima, de São José da Tapera.

 

“Estou muito feliz por  representar a comunidade indígena. Ano passado participamos do Jeal, mas não conseguimos a vitória. Continuamos treinando e esse ano ganhamos, e estamos felizes pela conquista”, afirma a capitã da equipe indígena, Potira Celestino da Silva Gomes. “Tivemos uma grande vitória hoje e realizamos o sonho de muitas escolas e alunos-atletas, que é a conquista do Jeal”, comemora o técnico, José aparecido da Silva, que treina mais de 200 alunos matriculados.

 

A gestora da escola também se fez presente no campeonato. “É um orgulho muito grande, principalmente por ser uma comunidade indígena e por ser a única a chegar onde chegou. É mais do que uma vitória; é uma conquista. Elas estão de parabéns e são merecedoras”, comemora a diretora Jaracinan Celestino Gomes da Silva.

 

Entrando na briga

 

Quem também tem motivos para comemorar é Wallisson Felipe, técnico do Colégio São Matheus, do Graciliano Ramos, em Maceió,  que venceu o infantil masculino contra a forte equipe da Escola Estadual Claudizete Lima, de Rio Largo.

 

Jeal 2018 / (Foto: Acervo Seduc)

 

“A competição foi bem organizada, tudo bem estruturado. O jogo foi bem disputado e não foi à toa que o placar foi 1 X 0. O time se preparou para sempre dar o melhor possível e, graças a Deus, em cada partida, os meus meninos sempre lutaram até o fim. Vamos seguir firmes nos treinos para chegar bem no nacional”, revela o técnico.

 

Juvenil

 

Na outra final que disputou, o juvenil masculino, a Escola Estadual Claudizete Lima venceu nos pênaltis o São Lucas Alagoano, de Maceió. Com nove títulos no Jeal (seis no masculino e três no feminino), a equipe tem tradição na competição e segue motivada para a disputa dos Jogos Escolares da Juventude.

 

Jeal 2018 / (Foto: Acervo Seduc)

 

“Esta equipe joga junto desde o 6º ano do ensino fundamental e, em 2016, fomos campeões do Alagoano Sub 15 de Futsal. Nosso último título do Jeal havia sido em 2012 e seguimos para Natal motivados para trazer mais uma medalha para Alagoas”, diz o professor Romildo Calheiros, que, ao longo de sua trajetória, ainda coleciona 18 títulos no Jeal e três nos Jogos Escolares da Juventude com o Claudizete e o Colégio Santíssima.

 

Quem também volta ao pódio do futsal do Jeal é a Escola Estadual Monsenhor Sebastião Alves Bezerra, de Água Branca, que venceu nas penalidades a forte equipe da Escola Estadual José Aprígio Vilela (EJAV), de Teotônio Vilela.

 

Jeal 2018 / (Foto: Acervo Seduc)

 

Em 2015, as sertanejas venceram essa modalidade com um futebol rápido e descontraído e revelaram aquela que é hoje um dos talentos da equipe feminina do CSA: Karen Gabriely Rodrigues, recentemente campeã da Copa Rainha Marta com o time azulino.

 

“Para nós, sertanejos, é uma alegria imensa vermos as meninas campeãs do Jeal e de volta aos Jogos Escolares da Juventude. Toda a 11ª Gerência Regional de Educação está em festa”, declara o gerente José Jeocondes Barbosa.

 

Próximas etapas

 

Após o sucesso da disputa do futsal em Arapiraca, o Jeal volta a Maceió nesta sexta-feira (6) para a disputa das próximas modalidades. A primeira em disputa na capital será o atletismo, que acontece de 6 a 8 de julho no Estádio Rei Pelé.

 

De 23 a 25 deste mês ocorrem as competições de vôlei de praia, tênis de mesa, xadrez, judô e ginástica rítmica. Já nos dias 28, 29 e 30 será a vez do basquete, voleibol, ciclismo, natação e badminton. A competição chega ao mês de agosto com o seu último bloco de disputas envolvendo o handebol e a luta olímpica nos dias 2, 3 e 8.

 

“Teremos 2.200 atletas competindo nesta etapa estadual, um número que sobe para mais de quatro mil se somarmos à etapa regional. Nesta primeira etapa realizada em Arapiraca percebemos um excelente nível das equipes”, avalia o coordenador-geral dos jogos, Henrique Vilela.

Fonte: AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display