Fifa volta atrás e pede ampliação da suspensão de Guerrero 2018-05-03T174555Z_1_LYNXMPEE421GQ_RTROPTP_4_FUT-PERU-GUERRERO-CAS - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Fifa volta atrás e pede ampliação da suspensão de Guerrero

728x90

A novela de Paolo Guerrero ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira. Jorge Balbi, assessor legal do peruano revelou que durante a audiência do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Lausanna, na Suíça, a Fifa voltou atrás e pediu a ampliação da suspensão por doping do artilheiro para um ano, e não a manutenção da suspensão de seis meses.

“O que nos surpreendeu é que a Fifa foi ontem com uma posição insólita de pedir que a sanção imposta por seu comitê de apelações deveria ser de um ano, essa foi uma surpresa para todos”, contou Balbi em entrevista ao programa Fútbol Como Cancha , da RPP Notícias.

“Supostamente, os advogados espanhóis, que tinham que defender a posição da sua entidade, foram descoordenados, ou muito bem coordenados com a WADA (Agência Mundial Antidoping), porque foram dizer que houve uma falha e que a sanção deveria ser de um ano”, acrescentou.

De acordo com Balbi, isso apenas permite duas possibilidades: ampliar ou reduzir a sanção. “Isso coloca o Tribunal em uma situação muito complexa, porque eles teriam que decidir se não dariam nada (ou seja, absolvição) ou se dariam um ano, mas não seis meses”, explicou.

Caso o Tribunal aceite o pedido da Fifa, Guerrero perderia a Copa do Mundo, que começa no dia 14 de junho. A suspensão de seis meses se encerrou na quinta-feira. A WADA, por sua vez, pediu que a suspensão do jogador seja ampliada para dois anos.

Guerrero chega ao Brasil nesta sexta-feira e está liberado para jogar pelo Flamengo na partida contra o Internacional, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Fonte: TERRA


No Banner to display