Estudantes da rede pública de AL melhoram desempenho em Português e Matemática 8cb786a829d8846b04de673599ac4d79_L - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Estudantes da rede pública de AL melhoram desempenho em Português e Matemática

O esforço coletivo que uniu Estado e municípios alagoanos em prol de melhorias para a educação de Alagoas continua trazendo resultados positivos. Após registrar avanços no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) pela segunda edição consecutiva, Alagoas também alcança melhorias na proficiência em Língua Portuguesa e Matemática.

O desempenho dos estudantes da rede pública alagoana nestas duas disciplinas na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) – promovida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – é um dos indicadores usados para o cálculo do Ideb.

Segundo dados do Inep, em 2017, nos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano) a rede pública alagoana registrou 191,97 pontos na disciplina de Língua Portuguesa, saltando para 196,27 em 2019. Já a proficiência em Matemática passou de 202,72, em 2017 para 211,98, em 2019.

Nos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano), enquanto a proficiência da rede pública na disciplina de Língua Portuguesa era de 241,76 em 2017, em 2019 avançou para 245,69 pontos. Em Matemática, o índice aumentou de 240,05 pontos em 2017 para 248,94 em 2019.

Por fim, no ensino médio, o crescimento no desempenho dos estudantes da rede estadual – que concentra o maior número de matrículas da rede pública neste segmento – foi de 248,25 (2017) para 260,64 (2019) em Língua Portuguesa, enquanto em Matemática passou de 247,96 (2017) para 255,24 (2019).

“Foi uma grande satisfação receber os dados do Ideb 2019 e confirmar que Alagoas vem desenvolvendo um crescimento ao longo desses anos. A educação está melhorando, está em transformação, estamos evoluindo. E o Programa Escola 10 tem um papel importante neste resultado por meio da cooperação entre Estado e municípios”, afirma Ricardo Lisboa, superintendente de Políticas Educacionais da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Escola 10 – Lançado em 2017 como uma proposta de união de forças entre Estado e municípios em prol da melhoria na qualidade da Educação Pública em Alagoas, o Escola 10 tem desempenhado papel importante no crescimento dos índices educacionais do estado.

Além disso, o programa também visa aumentar o nível de proficiência dos estudantes, garantindo melhor aprendizado nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática; aumentar a taxa de aprovação e reduzir a taxa de abandono e de distorção idade x série.

Fonte: AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display