banner ads
CSA vence o ASA, ressume a liderança e garante classificação no Alagoano d9af1d9b-e99d-488d-ba60-c0602ae93a5f - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

CSA vence o ASA, ressume a liderança e garante classificação no Alagoano








CSA e ASA fizeram um clássico movimentado na noite desta quarta-feira (13) no Estádio Rei Pelé. Melhor para o time azulino, que venceu o rival arapiraquense de virada por 3 a 1, reassumiu a liderança e garantiu a classificação para a próxima fase, além de acabar com as chances do adversário no Campeonato Alagoano.

O CSA chega aos 13 pontos, empata com o CRB, mas lidera no número de gols marcados, 9 contra 8 e vai fechar a primeira fase diante do Coruripe no Estádio Gerson Amaral, no domingo. Já o ASA segue com 6 pontos na 6ª posição e vai cumprir tabela contra o Jaciobá, que ainda tem chances de classificação, em Arapiraca

O JOGO – 1º TEMPO

Bola rolando no Rei Pelé e nos primeiros minutos, o que mais chamou atenção foi a contusão de um jogador que já entrou para substituir um lesionado. O lateral-esquerdo Pedro Rosa do CSA sentiu a perna direita e deixou o campo, dando lugar a Celsinho.

Aos poucos as chances foram aparecendo, principalmente para o CSA. O time marujo tinha maior volume de jogo e criava oportunidades. A primeira delas veio com Matheus Sávio, que ficou com a sobra de bola, encheu o pé e mandou em cima da defesa. Minutos depois uma oportunidade ainda mais clara, quando Cassiano foi acionado e tocou na pequena área, encontrando Patrick Fabiano que bateu a queima roupa e parou em grande defesa do goleiro Marcão.

O CSA era melhor no jogo, mas o ASA passou a avançar depois dos 20 minutos. Primeiro numa bola aérea e depois, de forma decisiva. Ciel foi lançado na área, driblou João Carlos e bateu fraco, com Gerson afastando, mas na sobra, Dinda bateu forte e abriu o placar. Festa alvinegra no Rei Pelé.

Depois do gol do ASA a partida ficou aberta. Bola na área alvinegra e Patrick Fabiano desviou de cabeça, mandando rente a trave de Marcão. Na jogada seguinte, a equipe arapiraquense chegou perto com um chutaço de Lui Gustavo.

O primeiro tempo entrava na reta final e o ASA tentava levar o resultado para o intervalo. Mas o CSA insistiu e conseguiu o empate nos acréscimos. Aos 47 minutos, tabela entre a dupla de ataque do CSA. Patrick deixou para Cassiano, que girou em cima da defesa e ficou de cara para o goleiro adversário, batendo e mandando para as redes.

Final do primeiro tempo no “Trapichão”. CSA 1 x 1 ASA.

2º – TEMPO

Começou o segundo tempo e a história parecia a mesma. O CSA era melhor, tinha mais posse de bola, tomava a iniciativa e o ASA esperava espaços para atacar, mas não conseguia furar o bloqueio azulino.

O gol da virada do CSA ia amadurecendo e enfim, aconteceu aos 12 minutos. Manga Escobar cruzou na  cabeça de Cassiano que testou forte, para grande defesa de Marcão, no rebote, Matheus Sávio bateu de direita, para nova defesa do arqueiro alvinegro, mas na sobra, de esquerda o camisa 10 azulino marcou o segundo da equipe e o primeiro dele na temporada.

O ASA sentiu o gol e por muito pouco não sofre o terceiro. O ataque do CSA era perigoso. Cassiano bateu de fora da área para grande defesa de Marcão e no rebote, Patrick Fabiano sozinho, mandou para fora.

O domínio do CSA só crescia em campo. Bela troca de passes do time azulino que passou por Cassiano, Apodi e Dawhan, que avançou e deu belo passe para Patrick Fabiano, que tocou na saída do goleiro Marcão. 3 a 1.

Depois do terceiro gol, a estratégia do CSA parecia não mais se expor. O placar parecia confortável e parecia combinar com a falta de forças do ASA para atacar. Para melhor a situação do time azulino, as substituições constantes diminuíram o ritmo do jogo.

O jogo entrou na reta final e o placar estava decretado. O CSA administrava e o ASA aceitava o resultado. O árbitro Denis Ribeiro Serafim assinalou quatro minutos de acréscimo, mas o marcador se manteve em 3 a 1.

Fonte: CADA MINUTO


No Banner to display


No Banner to display