banner ads
CSA e Atlético-MG empatam em jogo de quatro gols no Rei Pelé whatsapp_image_2019-10-16_at_19.57.14 - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

CSA e Atlético-MG empatam em jogo de quatro gols no Rei Pelé




Iguais

Teve de tudo no jogo entre CSA e Atlético-MG: lei do ex, expulsão, estreia, virada, empate no fim e quatro gols. Nesta quarta, o Azulão abriu o placar no Rei Pelé com Alecsandro, ex-jogador do Atlético, mas o Galo teve forças para virar na etapa final, gols de Réver e Luan. No fim, Jonatan Gómez deixou tudo igual numa cobrança de pênalti e fechou o resultado em 2 a 2. O Atlético ainda terminou a partida com um homem a menos. Vinícius foi expulso aos 34 da etapa final.

  • Estreante

    A partida desta quarta marcou a estreia do técnico Vagner Mancini no Atlético-MG. Ele fechou com o Galo após a saída de Rodrigo Santana e assinou um contrato de três meses. Este ano, o treinador, de 52 anos, também trabalhou como coordenador técnico do São Paulo.

    Vagner Mancini, técnico do Atlético-MG

    Vagner Mancini, técnico do Atlético-MG (Foto: Felipe Nyland/ Gazeta de Alagoas)

  • Como fica?

    O empate não mudou a situação de CSA e Atlético-MG na classificação do Brasileiro. O Galo chegou a 32 pontos e segue em 11º lugar. Com 26 pontos, o Azulão continua na zona de rebaixamento, em 17º lugar.

    CSA x Atlético-MG: disputa de bola entre Réver e jogadores do CSA

    CSA x Atlético-MG: disputa de bola entre Réver e jogadores do CSA (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

  • Lei do ex

    O jogo foi especial para Alecsandro e Luan. O centroavante do CSA enfrentou o ex-clube e não perdoou. Fez valer a lei famosa do futebol. Luan não jogou no CSA, mas é alagoano e ficou muito emocionado com o retorno a Alagoas. A família dele foi ao estádio e viu o Menino Maluquinho do Galo fazer um gol no Rei Pelé.

    Alecsandro comemora gol no ex-clube

    Alecsandro comemora gol no ex-clube (Foto: Felipe Nyland/ Gazeta de Alagoas)

  • Primeiro tempo

    Jogo começou equilibrado. Um ataque pra lá, uma resposta pra cá. Di Santo teve uma chance para o Atlético-MG aos seis minutos e, depois, Jonatan Gómez se assanhou numa jogada individual.

    Aos 21, Luan cruzou da direita e Marquinhos cabeceou pra fora. O lance assustou o goleiro do CSA. Aos 30, mais Atlético. Vinícius acertou um chutaço de longe e obrigou João Carlos a fazer uma boa defesa. Na primeira grande chance, o Azulão foi letal. Aos 33 minutos, Dawhan roubou a bola de Fábio Santos e cruzou na medida para Alecsandro marcar de cabeça: 1 a 0.

Segundo tempo

O Atlético acelerou na etapa final. Tanto que quase marcou com Fábio Santos, aos 17. Ele finalizou à queima-roupa e João Carlos fez uma grande defesa. Antes, Apodi arrancou e fo parado por Igor Rabello, do Atlético. O árbitro mostrou apenas amarelo.

O Atlético foi cercando, chutando de fora da área e chegou ao empate. Aos 23, Réver finalizou de longe, a bola desviou na defesa e tirou João Carlos do lance: 1 a 1. Quando o Atlético era melhor em campo, Vinícius perdeu a cabeça e deixou o braço em Dawhan. Foi expulso aos 34 minutos.

Cinco minutos depois, o alagoano Luan recebeu a bola de Fábio Santos, tirou o marcador e desempatou para o Galo. Mas a reação do CSA foi rápida. Aos 41, Jonatan Gómez foi derrubado na área do Atlético por Guga. O próprio argentino cobrou o pênalti e deixou tudo igual: 2 a 2.

Agenda

O Atlético-MG volta a jogar no próximo domingo, às 16h. Recebe o Santos no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O CSA vai para o Rio. Segunda, enfrenta o Botafogo no Engenhão, às 20h.

CSA x Atlético-MG, no Estádio Rei Pelé

CSA x Atlético-MG, no Estádio Rei Pelé (Foto: Felipe Nyland/ Gazeta de Alagoas)

Fonte: GLOBO ESPORTE


No Banner to display


No Banner to display