banner ads

Com voto de minerva, CPI contra Padre Eraldo é rejeitada na Câmara Municipal








Vereadores na Casa Legislativa – Foto: Reprodução / Internet

Vereadores na Casa Legislativa – Foto: Reprodução / Internet

A sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Delmiro Gouveia, Alto Sertão, realizada na manhã desta quinta-feira (14), foi marcada pela votação do requerimento que pedia a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Com Casa cheia e discursos acalorados, durante quase duas horas, os 11 vereadores debateram a instalação da CPI. No protocolamento do requerimento, os vereadores Raimundo Valter, conhecido como Casagrande, Carlos Roberto, George Lisboa, Marcos Costa, Francisco de Carvalho, conhecido com Kinho e Enoque Batista, assinaram o pedido.

De acordo com as denúncias descritas no requerimento, os seis vereadores que assinaram o documento alegavam que haveria supostas irregularidades na contratação de uma empresa de locação de carros e em outra de consultoria jurídica. Na segunda, os edis apontam que houve improbidade administrativa por conta que o contratante da empresa tomou posse no cargo de secretário municipal de Delmiro Gouveia.

O requerimento foi colocado na ordem do dia e entre os dez vereadores aptos a votar, ficou empatado (5 a 5). A grande surpresa foi o voto de Casagrande que, assinou o requerimento e votou contrário a criação da CPI. Nesse caso, o presidente da Casa Legislativa, Ezequiel de Carvalho, conhecido como Kel, ficou responsável pelo voto de minerva e arquivou o pedido da CPI.

Veja como votou cada vereador:

Cacau Correia – A favor
Enoque Batista – A favor
Fabíola Marques – Contrária
Francisco de Assis (Kinho ) – A favor
George Lisboa – A favor
Geraldo Xavier – Contrário
Henriqueta Cardeal – Contrária
Marcos Costa – A favor
Pedro Paulo – Contrário
Raimundo Valter (Casagrande) – Contrário
Ezequiel de Carvalho (Kel) voto de minerva – Contrário

Let’s block ads! (Why?)

Source: Correio Notícia


No Banner to display


No Banner to display