Com trabalho preventivo, CB tira famílias de situação de risco em Santana do Ipanema 012e4382587e1ff1a58459a9bd4c7d66_L - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Com trabalho preventivo, CB tira famílias de situação de risco em Santana do Ipanema




Desde quando as fortes chuvas começaram a atingir o município de Santana do Ipanema, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), através do 9º Grupamento, de guarnições de apoio oriundas do posto de Delmiro Gouveia, do 7º GBM (Arapiraca), do 6º GBM (Penedo) e do Grupamento de Salvamento Aquático (Maceió), vem trabalhando para proteger e salvar os cidadãos locais. Apesar do sério desastre natural ocorrido no município, não houve registro de morte devido ao intenso trabalho junto à comunidade, através de orientações a mais de 500 famílias durante a madrugada da última segunda-feira, 30, salvando diversas pessoas da situação de risco.

A corporação vem realizando acompanhamento constante do nível do rio Ipanema, orientando a comunidade local e agindo rapidamente no salvamento da população. Pessoas ilhadas, retirada de pertences e de salvamento de animais – como cavalo, gatos, cachorros – são algumas das ações desenvolvidas com eficiência pelos bombeiros militares. O nível do rio Ipanema segue sendo monitorado pela corporação. Nesta terça-feira, 31, foi registrado 412 cm com tendência de baixa. Na última segunda-feira, 30, o rio chegou à marca de 898 cm, inundando muitas casas.

O comandante do 9º GBM, tenente coronel Francisco Leopardi, contou que após a informação acerca do rompimento de uma barragem no estado vizinho, Pernambuco, e dos alertas de mais chuvas no município, o grupamento se mobilizou para garantir a segurança da população. “Assim que soubemos do rompimento da barragem e dos avisos de muita chuva e previsão de transbordamento, realizamos sistemáticas rondas alertando a população e conversando com os moradores na madrugada de domingo (29) para segunda, (30) totalizando cerca de 530 residências. Acreditamos que esta ação foi fundamental para não termos registro de óbitos. Além disso, emitimos alertas na rádio local e em nossas redes sociais reiterando a urgência de saírem de suas casas”, explicou o comandante do 9º GBM.

Segundo ele, o CBMAL está empregando mais de 30 bombeiros nas ações. O trabalho conta também com o emprego de seis viaturas operacionais e de dois botes de salvamento. Os militares realizam diversos salvamentos pelo município e em localidades vizinhas, como em Poço das Trincheiras, no povoado Dionel, entre Batalha e Belo Monte, contando ainda com o apoio do Grupamento de Operações Aéreas da Secretaria de Segurança Pública.

A Coordenadoria de Defesa Civil de Alagoas (Cedec/AL) encontra-se no município trabalhando junto à Coordenadoria Municipal de Santana do Ipanema. Na noite de ontem (30), o capitão Allan Cavalcante, alertou a população sobre algumas fake news que vêm assustando a comunidade.

“O rio Ipanema já baixou mais de 4 metros e não há tendência para trasbordamento do rio, pois nas últimas 12 horas não chove nos municípios pernambucanos vizinhos. A a previsão para as próximas 24 horas é de que não chova, e, caso aconteça, deverá ser uma chuva de moderada a fraca. Pedimos a colaboração de todos para que não se aglomerem nem em cima nem embaixo das pontes devido ao risco para todos. Os cidadãos de Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras e demais cidades ribeirinhas do rio Ipanema podem se tranquilizar, pois notícias sobre mais inundações não procedem no momento”, explicou o bombeiro militar.

Conforme a Defesa Civil, são 2.500 desabrigados e 8.000 desalojados, os quais foram encaminhados para o Colégio Ornino Barros, Creche da Lagoa do Junco, Centro Bíblico e também para a sede da Universidade Estadual (Uneal).

Fonte: AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display