Chineses podem tirar Hernanes do São Paulo já em janeiro HERNA - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Chineses podem tirar Hernanes do São Paulo já em janeiro

728x90

728x90

Hernanes chegou ao São Paulo em julho desse ano e tem contrato de empréstimo até o fim de junho de 2018. A vontade do Tricolor Paulista e do atleta é por um acordo definitivo, para que o meia possa defender o São Paulo por muito mais tempo. No entanto, a situação não é tão tranquila quanto se imaginava e o clube não tem tanto tempo assim para chegar a um consenso com os chineses do Hebei Fortune, detentores dos direitos econômicos de Hernanes.

Isso tudo porque Ricardo Rocha, novo coordenador de futebol do São Paulo, revelou nessa sexta-feira uma cláusula no contrato que pode fazer com que o camisa 15 tenha de retornar à Ásia já em janeiro. A diretoria do Morumbi teve de ‘engolir’ a cláusula imposta pelos chineses quando bateu o pé para que o empréstimo fosse de um ano, e não de seus meses como o Hebei Fortune gostaria, inicialmente.

“Ele quer ficar. Isso é fundamental. Foi considerado um dos melhores da posição, mudou o patamar do São Paulo no Brasileiro. Depende muito do clube chinês e do diálogo. Vamos tentar ajudar. O São Paulo está tentando correr atrás e espero que consiga. Conheço um pouco o treinador, qualquer coisa posso entrar em contato com o Manuel Pellegrini para falar com ele, mas o São Paulo está caminhando para acertar. Claro que é uma preocupação de todos, pelo atleta, líder e ser humano que é”, explicou Ricardo Rocha, em entrevista ao Sportv.

Raí, executivo de futebol do São Paulo, tem a negociação por Hernanes como prioridade. O ídolo trabalha forte, e em silêncio, nos bastidores para evitar não só que o Profeta volte a China em janeiro como também para encontrar uma forma do São Paulo contratar de vez seu principal jogador do elenco atual.

Apesar dos chineses não se importarem muito com o desejo dos atletas em função das altas quantias que desembolsam para levarem os jogadores, principalmente no caso de Hernanes, em que o Hebei Fortune tem pago também 80% do salário do atleta mesmo nesse período de empréstimo, a vontade de Hernanes em permanecer no Brasil e a possibilidade real de uma convocação para a Copa do Mundo da Rússia, como Tite já admitiu, tornam-se esperanças paras os tricolores obterem sucesso.

GAZETA ESPORTIVA


No Banner to display