Cerest promove palestra online sobre assédio moral no trabalho karol_felix-377×290 - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Cerest promove palestra online sobre assédio moral no trabalho




A palestra faz parte da campanha anual de combate ao assédio moral no ambiente de trabalho, realizada em parceria com o Ministério Público do Trabalho

O Núcleo de Saúde Mental Relacionada ao Trabalho, do Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest) promove, nesta quinta-feira (21), às 15h, em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), a palestra online “Assédio Moral: Como ficam as relações de trabalho durante a pandemia? ”. A iniciativa faz parte da campanha anual do Cerest para prevenção e combate ao assédio moral no trabalho, que em virtude do isolamento social, não pode ser realizada em empresas e instituições parceiras.

A palestra é aberta a todos os interessados e será ministrada por Rafael Gazzaneo Júnior, procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em Alagoas. O encontro tem o objetivo de sensibilizar e tornar visível o fenômeno, que atinge em silêncio milhares de pessoas em suas funções laborais. O conteúdo pode ser acessado por meio do link: meet.google.com/wrq-zzwd-gna, com o código: wrq-zzwd-gna.


Rafael Gazzeano Júnior, procurador-chefe do MPT, ministrará a palestra. Foto: Sandro Lima

Segundo a psicóloga do Cerest, Karoline Félix, que mediará a palestra, o assédio moral no trabalho implica riscos psicossociais de deficiências na concessão, organização e gestão do trabalho, o que leva a efeitos negativos em nível psicológico aos trabalhadores, a exemplo de estresse, esgotamento físico e mental, além de depressão.


Karoline Félix, psicóloga do Cerest. Foto: Ascom/SMS

Ainda de acordo com a psicóloga, o Cerest não tem o poder de fiscalizar e punir, mas de educar e acolher os trabalhadores. “Nossa atuação é na orientação e encaminhamento à rede de saúde daqueles que estão em sofrimento. As denúncias que recebemos são encaminhadas para o MPT, que é o órgão responsável por aplicar essas punições”, explica.

O que é assédio moral?

O assédio moral é um tipo de violência sutil, que pode ser definida como a exposição de trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetidas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. Sendo assim, toda e qualquer conduta abusiva (gesto, palavra, comportamento, atitude) que atente, por sua repetição ou sistematização, contra a dignidade ou integridade psíquica ou física de uma pessoa, ameaçando seu emprego ou afetando seu desempenho e o próprio ambiente de trabalho.

Como denunciar

Para denunciar casos de assédio moral e sexual, o Ministério Público do Trabalho em Alagoas possui quatro canais de denúncia. Qualquer trabalhador pode fazer a denúncia pelo telefone 2123-7900 (Maceió) ou 3482-2900 (Arapiraca); acessar o site prt19.mpt.mp.br; comparecer pessoalmente à sede do MPT; ou baixar o app MPT Pardal, disponível na loja de aplicativos do seu smartphone.

Fonte: Ana Cecília da Silva / Ascom SMS


No Banner to display


No Banner to display