Centro de Educação Integral deve ficar pronto no primeiro semestre de 2018 CENTRO - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Centro de Educação Integral deve ficar pronto no primeiro semestre de 2018

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Educação e vice-governador, Luciano Barbosa, inspecionaram, na manhã desta segunda-feira (8), as obras de construção do Centro de Educação Integral (CEI) de Arapiraca. A expectativa é de que os serviços sejam concluídos ainda neste semestre.

 

O Centro será dotado de piscina semiolímpica, anfiteatro, três ginásios esportivos, um campo de futebol com grama sintética, academia e biblioteca. O CEI de Arapiraca conglomera, ainda, as Escolas Estaduais Isaura Antônia de Lisboa, Quintella Cavalcante e Pedro Reis.

Governador Renan Filho e secretário Luciano Barbosa vistoriam obras do Centro de Educação Integral em Arapiraca (Foto: Márcio Ferreira)

“Aqui trabalharemos os quatro eixos, que são, na verdade, as políticas públicas para a juventude do Estado de Alagoas. Então, o Centro de Educação Integral tem políticas públicas no campo do esporte, lazer, cultura e da educação, que engloba, ainda, o ensino profissionalizante. Essa é a concepção dos Centros de Educação Integral”, explicou Luciano Barbosa.

 

Renan Filho informou que o ano letivo de 2018 começa em Alagoas com 50 escolas em tempo integral em funcionamento, disponibilizando 12.800 vagas para alunos do fundamental e médio.”É muito bom ver a Educação se transformar em Alagoas, gerando emprego e oportunidades para as pessoas”, afirmou o governador, revelando que só na obra de construção do CEI de Arapiraca são empregadas 50 pessoas.

 

“Esse Complexo vem para dar incentivo a essa juventude e pra mostrar que as escolas precisam ter vida e os jovens, oportunidades”, declarou a diretora da Escola Estadual Isaura de Lisboa, Ana Valéria Peixoto.

Governador Renan Filho e secretário Luciano Barbosa vistoriam obras do Centro de Educação Integral em Arapiraca (Foto: Márcio Ferreira)

Segundo a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), serão construídos Centros de Educação Integral no Benedito Bentes, em Maceió; Santana do Ipanema, Penedo, Palmeira dos Índios, Porto Calvo, Viçosa, Delmiro Gouveia e Capela. “A construção do Centro é um incentivo aos estudantes. Isso vai refletir no melhor rendimento dos alunos mais adiante”, considerou a estudante do 3° Ano da Escola Quintella Cavalcante, Morgana Marques.

 

Duplicação

Em entrevista coletiva, mais cedo, Renan Filho falou do andamento da obra de duplicação da AL-110. “Já está quase pronta. Havia dois problemas de desapropriação que já foram sanados. A obra será finalizada até o início de fevereiro. Essa obra vai significar o início do ciclo de duplicação para Arapiraca, que integrará o município a Maceió. Isso vai garantir desenvolvimento integrado para as duas regiões mais pujantes do Estado”, avaliou o governador.

 

Ele recordou que o Governo do Estado iniciou a duplicação da AL-220, entre Maceió a Arapiraca. A obra segue em ritmo acelerado no trecho entre a Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos.

 

“Assinei a homologação da licitação e vamos dar a ordem de serviço para o trecho de São Miguel dos Campos até Campo Alegre e também, nos próximos dias, vamos dar ordem de serviço do terceiro trecho, de Arapiraca até Campo Alegre, integrando a duplicação de Maceió até Arapiraca. Faremos, ainda, a duplicação de Arapiraca até São Sebastião”, acrescentou Renan Filho.

 

UE

Outro assunto abordado durante a coletiva foi a Unidade de Emergência (UE) do Agreste, que teve a quantidade de leitos triplicada. “Fizemos acordo de procedimentos com o Ministério Público para fazer a seleção. Vamos soltar o edital nos próximos dias. Serão 200 vagas para as pessoas da região que vão trabalhar na UE do Agreste”, citou. No total, a Unidade passa de 40 para 120 leitos, sendo 21 de UTI, que eram apenas sete.

AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display