banner ads
Auxílio-moradia: moradores de mais dois conjuntos do Pinheiro podem se cadastrar a partir de terça rachaduras-tabmem-surgiram-em-diversos-imoveis-no-pinheiro-em-maceio-e-os-moradores-tiveram-que-deixar-suas-casas - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Auxílio-moradia: moradores de mais dois conjuntos do Pinheiro podem se cadastrar a partir de terça




Moradores das até então denominadas áreas amarela e laranja do bairro do Pinheiro, em Maceió, podem se cadastrar junto à Prefeitura a partir da próxima terça-feira (26) para receber o auxílio-moradia. A União liberou mais R$ 11 milhões para repasse à população afetada pelas rachaduras.

De acordo com o cronograma liberado pela Defesa Civil Municipal, o cadastramento será feito por etapas e vai priorizar moradores dos conjuntos residenciais Divaldo Suruagy e Jardim Acácia. Nesses locais, os imóveis apresentam maior gravidade na instabilidade da infraestrutura por conta das rachaduras, que se espalham pelo bairro desde o início do ano passado.

Entre os dias 26 e 29 de março, o cadastramento é destinado aos 216 moradores dos blocos 1, 2, 6, 9, 10, 11, 12, 13 e 14 do Divaldo Suruagy. Os demais já haviam sido cadastrados e evacuados anteriormente.

Já nos dias 01 a 5 de abril, o atendimento será feito aos moradores do Jardim Acácia.

Esses cadastramentos serão realizados na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), na Avenida Comendador Leão, no Poço, das 9h às 15h. Para isso, é preciso apresentar:

  • RG e CPF do proprietário do imóvel;
  • Certidão do imóvel para comprovar a posse;
  • Documentação do cônjuge, se for casado(a);
  • Averbação de divórcio, se for divorciado(a)

Quem não puder ir pessoalmente ao local do cadastramento, deve comunicar à Defesa Civil pelo telefone 0800 030 6205.

Repasse

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, autorizou o repasse de mais R$ 11,5 milhões à Prefeitura de Maceió para a concessão de auxílio-moradia. Esse valor se junta aos R$ 2,9 milhões repassados anteriormente, o que totaliza R$ 14,4 milhões.

Ao todo, 2.415 famílias serão contempladas com o pagamento de R$ 1 mil mensais, durante seis meses, pelo menos.

“Trabalhamos inicialmente para evacuar a área vermelha do Pinheiro, seguindo a orientação da CPRM com base no mapa feições que apontou as áreas onde há maior incidência de instabilidade do solo. Para contemplar todas as áreas, fizemos a solicitação dos recursos, e tivemos a aprovação, estendendo o venefício eventual também para as famílias das áreas laranja e amarela. Intensificamos também a inspeção na área vermelha, para identificar os imóveis que ainda estão ocupados, e na próxima semana avançaremos com os novos cadastros”, afirma Dinário Lemos, secretário de Defesa Civil de Maceió.

Fonte: G1 ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display