Arte popular alagoana é destaque em projeto de incentivo à cultura 5e3ab6716bd8398458d9d90929dc40fd_L - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Arte popular alagoana é destaque em projeto de incentivo à cultura

Um olhar cuidadoso sobre quem contribui com a cultura popular no Brasil. Esse é o resultado da etapa do projeto Novos para Nós, que percorreu Alagoas durante as últimas semanas. Pelas lentes do publicitário Renan Quevedo, idealizador da iniciativa, personagens que consolidam a importância de Alagoas no segmento puderam, mais uma vez, ter suas histórias contadas.

 

Durante a passagem pelo Estado, o publicitário pode conhecer a pluralidade da cultura popular alagoana, por meio da dança e trabalhos manuais, tendo visitado também nomes já conhecidos como as mestres artesãs Dona Irinéia e Vânia Oliveira, nomes contemplados pelos programas de incentivo ao artesanato, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

 

Projeto Novos para Nós / (Fotos: Renan Quevedo/ Cortesia)

 

A estada permitiu a Renan conhecer a diversidade do povo alagoano, refletida em sua produção artesanal. Para ele é notória a influência do cotidiano no trabalho de cada colaborador. Da região dos quilombos aos ribeirinhos do São Francisco, a arte alagoana chama a atenção por representar as raízes de seu povo.

 

“As comunidades mais próximas do rio São Francisco, por exemplo, se dedicam a trabalhos que abordam as temáticas do próprio rio, como carrancas, peixes, sereias, etc. Há também o grupo das pessoas que se envolvem com manifestações culturais, como o guerreiro, e se dedicam à artesania dos chapéus e indumentárias das apresentações. Já na Serra da Barriga, com a quantidade de quilombos, percebo que a arte feita lá possui traços da escravidão. Acaba que a arte produzida aqui no Estado é muito representativa e diversificada”, conta.

 

Projeto Novos para Nós / (Fotos: Renan Quevedo/ Cortesia)

 

Nas redes sociais a iniciativa faz sucesso. Os registros vêm acompanhados da história de cada um desses artesãos, dando mais notoriedade ao trabalho dos artistas. Somente no Instagram – @novosparanos – o projeto possui mais de 2 mil seguidores.

 

O Projeto

 

Criado a partir da perspectiva de registro de dados, o Novos para Nós celebra as artes populares brasileiras. Para isso, Renan Quevedo percorre os estados brasileiros conhecendo artesãos e pessoas comuns que constroem o segmento. O projeto visa reconhecer e catalogar os novos artistas que contribuem com a herança cultural do Brasil.

 

Iniciado em outubro de 2017, o Novos para Nós não possui fins lucrativos e percorre o país em busca de talentos da cultura popular brasileira. Pessoas que, com suas obras consolidam a produção artística do país, e suas histórias, que, na maioria das vezes, andam lado a lado com a arte que produzem, são documentadas pelo criador da iniciativa.

 

Quevedo também destacou as celebrações populares como a de Bom Jesus dos Navegantes, na cidade de Pão de Açúcar, que chama a atenção pelo cunho religioso. A comemoração também é um atrativo para turistas na cidade de Penedo, sendo conhecida como a mais popular festa religiosa do interior de Alagoas.

Fonte: AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display