banner ads
Alagoas avança em vendas do varejo e cresce 3,1% no mês de outubro, segundo o IBGE 4ad76113ebb53464493e3154716b9866_L - 0 Comentários*Enter your name*The entered E-mail is invalid.*2 caracteres no mínimo.Do not change these fields following Ampliar Imagem

Alagoas avança em vendas do varejo e cresce 3,1% no mês de outubro, segundo o IBGE




Em outubro deste ano, Alagoas avançou em vendas e cresceu 3,1% no comércio varejista ampliado, que engloba, além do varejo, as atividades de veículos, motocicletas, partes e peças e materiais de construção. A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) foi publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (11).

Segundo a pesquisa, Alagoas obteve o melhor crescimento do segmento, ficando na frente de estados como Ceará (2,8%) e Espírito Santo (2,2%). De acordo com o economista Cícero Péricles, o setor possui um papel primordial na economia do estado.

“O comercio é, sem dúvida, a principal atividade econômica, ao lado do setor de serviços, em todas as áreas urbanizadas de Alagoas, que possui dois terços de sua população vivendo em cidades. Nestes espaços, predominam as atividades comerciais e de serviços. Em 2017, elas representavam 70% da economia estadual, bem na frente da agropecuária (18%) e da indústria (12%). Pelo peso, este setor urbano é o termômetro da economia alagoana”, afirma.

O superintendente de Indústria, Comércio e Serviços, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), André Luiz, esclarece que este resultado é reforçado pelas práticas trabalhadas pelo Governo de Alagoas, como incentivos ficais e regimes especiais oferecidos pelo Estado ao setor atacadista.

“Nós temos uma política de incentivos e benefícios fiscais para a rede de atacado. Quando o comerciante do varejo consegue comprar seus produtos em um preço competitivo, a venda para o cliente direto também será realizada por um preço menor. Além disso, o Governo mantém o salário do trabalhador em dia, o que potencializa o poder de compra dos consumidores”, explica o superintendente André Luiz Gomes.

Fonte: AGÊNCIA ALAGOAS


No Banner to display


No Banner to display